SEO-Para-Afiliados-467x300

SEO para afiliados: como ranquear bem nas buscas

Marketing, 8 de fevereiro de 2019

Estar no topo dos resultados de busca do Google é essencial para suas vendas
como afiliado. Para isso, é fundamental investir em técnicas de SEO.
Você sabe o que é SEO? E como usar o SEO para afiliados? É isso que veremos
neste artigo.
Só para você ter uma ideia, veja a porcentagem de cliques de acordo com a posição
no ranking do Google:
– 33% do tráfego para aquela pesquisa vai para o primeiro resultado;
– 18% vai para o segundo;
– 12% dos cliques vão para o terceiro resultado.
Viu como faz diferença?
Estar no topo das buscas aumenta bastante suas chances de cliques e,
consequentemente, tráfego orgânico. Além disso, para o Google, um site que está
no topo é um site com autoridade.
É isso que vai aumentar seu número de visitas e, consequentemente, suas chances
de conversão.
O que é SEO?
SEO é a sigla, em inglês, para Search Engine Optimization. Significa, em Português,
Otimização para Mecanismos de Busca.
É um conjunto de técnicas para otimizar páginas de sites, para que apareçam no
topo dos resultados de busca do Google.
Todas as práticas de SEO são voltadas para o algoritmo do Google. Ou seja, a forma
como o buscador varre os resultados, como avalia os sites e como pontua as
páginas para formar o ranking.
É por isso que o trabalho de SEO é constante. Para refinar as buscas e fazer uma
varredura cada mais vez mais eficiente, o Google investe em melhorias dos seus
mecanismos, mudando constantemente seu algoritmo.
Assim, ao alterar o algoritmo, o Google define novos fatores que devem ser levados
em consideração para que os sites se posicionem bem nas buscas.

SEO on page
Antes de mostrarmos algumas técnicas de otimização para os motores de buscas, é
preciso entender os dois tipos de SEO.
O chamadoSEO on page; é tudo que é feito na própria página do seu site, em um
ambiente de administrador. É o que se faz, por exemplo, no cadastro de um artigo,
aplicando técnicas aos título e imagens.
O SEO on page engloba os fatores que dependem apenas de suas ações para serem
otimizados. Nesse sentido, você deve considerar:
1) Títulos
São uma importante porta de entrada de visitantes. Devem ser muito atrativos, mas
nunca enganosos. Atente-se para o tamanho, principalmente do chamado "título
SEO", que é o que aparece no resultado da busca Google.
Faça um título SEO bem atrativo e direto, pois ele é a primeira coisa que o usuário
vai ver na busca. O indicado são de 55 a 66 caracteres, e ele deve ter a palavra-
chave, de preferência, no início.
Já o chamado título interno, que é o que aparece no seu site, pode ser diferente
porém também atrativo. Ele deve ser um resumo do conteúdo da página.
2) Imagens
As imagens são itens importantes e obrigatórios na página. Porém, é preciso tomar
bastante cuidado ao cadastrar esses itens.
Um recurso que não pode deixar de ser preenchido é o Alt text (Alternative Text).
Consiste no texto que descreve as imagens da página.
No ambiente de administrador, ao cadastrar uma imagem, você deve preencher esse
campo com uma descrição completa (mas tente ser breve) sobre o que mostra a
imagem.
É assim que o Google vai fazer a leitura visual da sua página e considerar suas
imagens nos resultados de imagens.
3) URL

É o endereço da página, o www. A URL é um endereço único e exclusivo, que não
deve ser nunca mudado depois que for ao ar.
Procure evitar URLs muito longas e seja bem objetivo no endereço. Deve conter a
palavra-chave da página.
4) Conteúdo
Não é de hoje que ouvimos que na Internet, conteúdo é rei. Invista em conteúdo
relevante para o seu público.
Ou seja, conteúdos completos, organizados e exclusivos, que se diferenciem do que
as outras páginas já têm. É isso que vai lhe dar autoridade a longo prazo e visitantes
fiéis.
5) Escaneabilidade
Embora um bom texto, completo e de qualidade, seja na maioria das vezes longo, é
comum que seus usuários não o leiam do início ao fim.
É por isso que um fator essencial às suas páginas é a escaneabilidade. Esse
conceito quer dizer que seu usuário consegue escanear seu conteúdo e ter uma
ideia geral do que ele apresenta em poucos segundos.
Uma página com boa escaneabilidade possui um conteúdo bem organizado, dividido
em intertítulos e tópicos, com imagens ilustrativas, marcadores, infográficos, vídeos
e parágrafos curtos. Tudo para tornar a leitura mais fluída.
6) Links internos
Os links internos aumentam as chances dos visitantes permanecerem em seu site
por mais tempo, navegando por várias páginas.
Para isso, inclua links relevantes de acordo com o assunto da página, sobre temas
relacionados e que façam sentido para o usuário. Nunca adicione links internos
aleatoriamente.
7) Velocidade do site
Uma ótima ferramenta para medir a velocidade do seu site é o Google Page Speed
Insights. Ele analisa o conteúdo de uma página da Web e, em seguida, gera sugestões para torná-la mais
rápida.

Seguir essas sugestões e fazer melhorias é essencial para que o visitante tenha
uma experiência melhor e para que o Google pontue melhor seu site. Páginas que
demoram a carregar são mal vistas pelos buscadores.
SEO off page
Além de todos esses fatores on page, também é preciso se preocupar com o SEO
off page. Neste caso, são fatores que não dependem exclusivamente de você,
embora levem em consideração o que você faz no seu site.
Confira os itens que você deve considerar no SEO off page:
1) Backlinks
Essa é uma das práticas mais utilizadas para SEO off page hoje em dia. Os
backlinks são links colocados em outros sites que direcionam para o seu site.
No entanto, é preciso ter cuidado com quem está gerando tráfego para você.
Procure fazer isso com páginas com alguma autoridade, confiáveis e que sejam
relevantes no seu nicho.
Não é interessante colocar backlinks em outros sites sem nenhum critério.
2) Autoridade de domínio
A autoridade de domínio determina a relevância de um site como um todo. Para
isso, são levados em consideração fatores como o tráfego, tempo que a página está
no ar, qualidade e quantidade dos links.
Sites com alta autoridade de domínio tendem a ranquear melhor no Google.
3) Autoridade da página
Neste caso, é a mesma lógica da autoridade de domínio porém aplicada a uma
página específica. Assim, teoricamente, é mais fácil de ser alcançada do que a
autoridade de domínio, que se refere ao site inteiro.
Preparado para otimizar seu site e ver seu tráfego aumentar?

Entre em contato e confira nossas campanhas de afiliados disponíveis para aumentar, também, suas vendas!

facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail